terça-feira, 16 de junho de 2015

Secura vaginal



Secura vaginal
  • São particularmente afetadas mulheres na menopausa e nos anos seguintes
  • Após cirurgia ao útero ou ovários
  • Toma de pílula contraceptiva
  • Gravidez e amamentação
  • Doenças metabólicas (P.ex. diabetes)
  • Radioterapia (tratamento de cancro)
  • Stress
Os sintomas de secura vaginal podem interferir com a qualidade de vida das mulheres afetadas

A sensação de secura é frequentemente acompanhada por outros sintomas, tais como prurido, ardor e dor na vagina, na entrada da vagina e na área genital externa. Em muitos casos, estes sintomas podem causar durante a relação sexual.

São particularmente afetadas mulheres na menopausa (que se inicia por vezes a partir dos 40 anos) e nos anos seguintes. Nestes casos, a secura vaginal deve-se a uma diminuição da produção das hormonas sexuais (como o estrogénio). É produzido menos fluido vaginal, a pele torna-se mais fina e frágil. Apesar deste processo ser perfeitamente normal, pode provocar um mal-estar considerável.

Após cirurgia ao útero ou ovários, durante a gravidez e a amamentação e aquando da toma de pílula contraceptiva, as deficiências, flutuações ou mudanças hormonais podem conduzir a sintomas de secura vaginal.
Além disso, algumas doenças metabólicas (como p.ex. a diabetes), medicamentos. radioterapia (tratamento de cancro) e o stress podem estar associados a secura na área genital interna e externa

Fonte: Gide Farma

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
X

Tratar Saúde

Receba no seu e-mail dicas de saúde

Subscreva a newsletter gratuita.





Pesquisa personalizada